28 de out de 2008

Lista de desembarque

Lista de desembarque é um dos documentos necessários para encaminhar o processo de cidadania.

Nunca vi uma :(
Mas é a relação de nome dos passageiros dos navios que vieram para o Brasil (ou para qualquer outro lugar).
São organizaddas por dia, mês e ano. Nelas você vai encontrar o nome do imigrante (os passageiros são ordenados por ordem de chegada), pode constar também a nacionalidade e a naturalidade em alguns raros casos.

Você encontra esses documentos no Arquivo Nacional, do Rio de Janeiro (já fiz um post sobre isso).

Para solicitar você precisa saber:
- Nome completo do estrangeiro;
- Dia, mês, ano do desembarque ou o mês, ano e nome do vapor,
- porto em que ocorreu o desembarque.

E só, viu que fácil, não precisa nem foto colorida do pessoal desembarcando :)

A barbada é que tem um monte de listas na internet. Bem, é barbada para alguns, os imigrantes, principalmente Alemães que vieram no rograma de imigração do Governo Brasileiro, que é o pessoal que vei para o Rio Grande do Sul, mais precisamente São Leopoldo (minha cidade) em 1824 tem essas listas bem documentadas, mesmo porque essas pessoas receberam os lotes de terra do governo é bem mais fácil de localizar.

Já no meu caso que meu bisavô veio na cara e na coragem, está sendo difícil de achar seu nome nas listas. Mas vamos lá né, em algum navio ele deve ter embarcado, ele a mulher e algumas crianças que não foram poucas. Imaginem a confusão.

Pesquisem no Google pelo sobrenome, e palavras chaves como lista de desembarque, lista de passageiros, imigração alemã. Certamente virá um monte de páginas com as listas, aí é só pegar o local, a data e pedir o documento ao Arquivo Nacional.
Não tenho como postar as listas, mas a relação do pessoal que veio em 1824 certamente já está na rede. Será mais difícil se o "seu imigrante" não for desta época.

Ainda não tenho a que eu preciso, quando conseguir dou mais detalhes.

187 comentários:

  1. Posso te adiantar que achar as listas de passageiros é uma coisa complicada. O estado de São Paulo disponibilizou tudo no memorial do imigrante e o nome do meu avô não consta lá, só que essa semana eu aqchei a ficha de desembarque dele no Porto de Santos em 1925, ou seja, ele desembarcou em Santos, a ficha dele que não consta o nome do vapor existe ainda em uma caoixa de sapatos da minha família, mas o memorial do imigrante que tem o registro dos imigrantes no estado de são paulo simplesmente não contém dados sobre meu avô.

    É uma luta inglória tentar achar coisas que não foram guardadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Nossa, mesmo caso nosso... meu antepassados desembarcaram no Brasil vindos da Alemanha em 1925, temos até o passaporte do meu bisavô com o carimbo do porto de Santos, e nada consta sobre eles no Museu do Imigrante, nessas listas, nada... muito estranho.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Há o problema de erro de grafia no registro dos nomes. Encontrei os avós de meu esposo na lista de passageiros do museu da imigração do estado de são paulo mas só porque tentei com a forma errada do sobrenome - como erram até hoje muitas vezes.

      Milene W.

      Excluir
  2. Meu Tataravô desembarcou em 1932, e agora sinto tamanha dificuldade!

    ResponderExcluir
  3. Se alguém achar o nome de HEINRICH KRUGER e de
    DOROTHEA SIEVERT pode me comunicar,por favor,pelo e-mail : mamaoz@hotmail.com.
    Eles são meus bisavós e vieram da Alemanha.
    Obrigada! Mara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mara, tenho uma lista dos Kruger/Krieger.
      miwilly@hotmail.co.uk

      Procuro: Pauline Dietrich/Paul Pietch/Therese Pietsch (minha bisavo, que casou em 1898)em Brusque-SC

      Excluir
    2. Ola procuro por guilherme kruger se puder me passar a lista e bisavô do meu esposo grata Krys

      Excluir
  4. Gostaria de saber com que navio e em que ano vieram imigrantes da família Scheuer

    ResponderExcluir
  5. olá... procuro dados sobre minha bisávo, que veio da Alemanha com toda a familia.
    Josefina Schultz, Adolfo Schultz. Também algo sobre a família Weiss.
    Email: joicemavel@hotmail.com

    Agradecida.
    Joice

    ResponderExcluir
  6. Procuro por Franscisco Amende ou Franz Amende ou Franz Amend não sei como que cadastraram ele, Seu irmão Otto Amende eu achei mas meu bisavô não
    mandar email para nutricao_felipeamendeleal@hotmail.com
    Só me falta esse documento, imagine a ansiedade

    ResponderExcluir
  7. Ola, procuro o registro da matricula no consulado alemao do meu bisavo albrecht peter dietz. Veio de hamburg para o rio em 1902.
    se puder passar alguma informacao por email no chris_manchester@hotmail.co.uk Desde ja agradeco

    ResponderExcluir
  8. Ola, procuro o registro da matricula no consulado alemao do meu bisavo albrecht peter dietz. Veio de hamburg para o rio em 1902.
    se puder passar alguma informacao por email no chris_manchester@hotmail.co.uk Desde ja agradeco

    ResponderExcluir
  9. Olá procuro informações dos meus avós ou bizavós alemães qualquer informação podem me ajudar.
    Avós - Karlheinz Phillip Buss - Ingeburg Buss
    Bizavós -Gustavo Buss - Grete Buss me mande por e mail caso tenha qualquer informação jeconeglian@hotmail.com agradeço

    ResponderExcluir
  10. Olá, procuro informação sobre Leopoldo kruschewsky e Henrique kruschewsky imigrantes que vieram para Bahia mais ou menos no periodo de 1860 a 1875, caso tenha alguma informação meu email é ayramleahy@hotmail.com, Agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb sou parente deles, vc conseguiu algum documento? Pq acho q o sobrenome Kruschewsky sofreu alguma variação no sobrenome.

      Excluir
  11. Se alguém achar o nome Paul Schönenberger,por favor, me avise ele é meu avó e veio da Alemanha.Pode me comunicar pelo E-Mail: ricardo.schonenberger@gmail.com Obrigado!. Ricardo

    ResponderExcluir
  12. Se alguem encontrar o sobrenome pacher, por favor, me avisem. Procuro por Sofia Carolina Pacher, alemã, que veio para o brasil no inicio do seculoXX. danilo_acordeon@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Se alguem encontrar o sobrenome pacher, por favor, me avisem. Procuro por Sofia Carolina Pacher, alemã, que veio para o brasil no inicio do seculoXX. danilo_acordeon@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Procuro por Henrique (ou Heinrich) Piske. Desembarcou entre os anos de 1870-1886, não tenho certeza do porto de desembarque. robertrtz@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também procuro algo de meu bisavo Henrique Piske ! Vc achou algo ?
      Cynthia_piske@hotmail.com

      Excluir
    2. Olá tem uma lista com alguns destes nomes. Procurem por lista de passageiros imigrantes alemaes. Vi estes nomes procurando no Google. Espero ter ajudado

      Excluir
  15. paulo domingos knippel22/02/2013 15:33


    GOSTARIA DE SABER QUAL NAVIO E EM QUE PERIODO CHEGARAM A FAMILIA "KNIPPEL", QUE VIVERAM EM SOROCABA (1840-1870) E DEPOIS EM SANTO AMARO E CAPITAL (1870 EM DIANTE)

    ResponderExcluir
  16. Minha vontade é saber em que navio chegaram a familia Cruze e Haura em 1889 em Santos ,vindo da Alemanha.

    ResponderExcluir
  17. Hans Werner Menna Barreto König.´.24/03/2013 14:44

    Procuro informações da chegada do meu avo no Rio de Janeiro via navio no ano de 1932 ou 1933 na data de 24 ou 25 de dezembro. Nome Johannes Friedrich Adolf Wilhelm König.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KÖNIG, Johann: 34 anos, sapateiro, Steinbach, Kurhessen, c/ mulher Elise (28), nasc. Stützer, filhos Emil (8), Magdalena (6), August (4), Minna (2), e pai Casper (65). (J e L)

      Excluir
    2. http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/

      Excluir
  18. Ola,

    Meu nome é Ana Clara e estou procurando um comprovante de chegada ao Brasil de meu bisavô que tem o sobrenome de Köttker ou Koettker, ele chegou no porto de Paranaguá em maio de 1923. Se alguem tiver alguma maneira de localizar isso, por favor entrar em contato por email xclarinha@hotmail.com. Obrigada!

    ResponderExcluir
  19. Alguém ai tem uma lista que contém algum membro da família Reinelt? Meu bisavô se chama Hermann Reinelt e chegou no Brasil por volta de 1921.

    ResponderExcluir
  20. Alguém ai tem uma lista que contém algum membro da família Reinelt? Meu bisavô se chama Hermann Reinelt e chegou no Brasil por volta de 1921.

    ResponderExcluir
  21. Não estou sozinho nesta empreitada, mas não localizo mais ninguém com o sobrenome Schiffther ou Schiffter pela internet, a minha bisavó veio para o paraná sozinha, mas se negou a morar na colonia em Guarapuava (moro no Turvo) e nem mesmo na colonia há vestígios de parentesco.... por favor se virem algum Schiffther me avisem... mandem e-mail: ocoarkantos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. PROCURO A FAMILIA DE ADOLFO TREDER E ADELAIDE TRIBER NA ALEMANHA OU AUSTRIA VINDOS CLANDESTINOS NUN NAVIO FUGIDOS DA GUERRA .PARENTES EM ORTIGUEIRA PARANA.

    ResponderExcluir
  23. Procuro pelo bisavô do meu esposo se alguém encontrar me avise o nome dele é josé wall ele veio pra Rio Grande do Sul entre 1900 a 1931.

    ResponderExcluir
  24. Procuro por Wojanoski, Hauser e Richert. Alguém tem alguma listagem com esses nomes?

    ResponderExcluir
  25. Procuro por Wojanoski, Hauser e Richert. Alguém tem alguma listagem com esses nomes?

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde!
    Todos os imigrantes, que para cá vieram, ajudaram a construir uma "nação". Sabemos que os indígenas, já estavam antes da chegada dos povos europeus, os habitantes do Continente Africano, foram obrigados a virem à força, mas é salutar dizer que foram "importantes" na construção deste País.Chegaremos um dia a um patamar de desenvolvimento amplo, caminhamos para atingir este objetivo.

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde!
    Procuro descobrir os familiares dos gherardt.

    ResponderExcluir
  28. Oi voce tem alguma algo do sobrenome massmann

    ResponderExcluir
  29. boa noite voce teria alguma coisa sobre a familia Bauch? obrigada

    ResponderExcluir
  30. Boa noite. Por gentileza, busco informações sobre a família Baehr, imigrantes alemães... alguém pode me ajudar? O que eu sei que desembarcaram no Paraná... muito obrigado. Wagner Baehr (baehrw@gmail.com)

    ResponderExcluir
  31. Eitor Seidel20/01/2014 18:59

    Gostaria de saber do doc. onde esta de Max Seidel, chegou em 1887, no rio grande do sul, grato.

    ResponderExcluir
  32. Prezados, boa tarde.

    Meu nome é Wagner Baehr, resido em São Paulo capital. Por gentileza, eu estou fazendo pesquisas sobre meus antepassados que vieram da Alemanha para o Brasil de sobrenome BAEHR. Eu tenho os nomes dos meus bisavós que inicialmente desembarcaram e migraram para Blumenau, mas eu não encontro a relação de passageiros da época.

    Seria possível fazer essa pesquisa? Essa pesquisa é de extrema importância para mim, de valor histórico e sentimental.

    Muitíssimo obrigado pela atenção.
    Aguardo retorno.

    Cordialmente,
    Wagner Baehr
    baehrw@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o nome deles talvez posso lhe ajudar

      Excluir
    2. Qual o nome deles talvez posso lhe ajudar

      Excluir
    3. Tem três famílias Bähr ou Baehr que desembarcaram no porto de São Francisco do Sul.
      Navio Emily (1854):
      - Christian Bähr, irmã Wilhelmine e filhos Albert e Heinrich;
      - Fritz Bähr, esposa Sophie e filhos Henriette e Heinrich.
      Navio Montevideo (1888):
      - Moritz Bähr (solteiro).

      http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/ListaImigrantes/lista/tudo.htm
      (listas 13 e 90)

      Excluir
    4. Também tem um Karl Bahr (solteiro) que desembarcou em Santos em 1891: http://museudaimigracao.org.br/acervodigital
      (digita o sobrenome em Acervo Digital)

      E dois que desembarcaram no Rio de Janeiro, Richard Bahr em 1887 (solteiro), e Richaro Bahr em 1890 (solteiro): http://museudaimigracao.org.br/acervodigital/
      (clica em Consulta)

      Excluir
    5. Perdão, o link destes desembarcados no Rio é: http://www.an.gov.br/rvbndes/menu/menu.php

      Mas você pode ver as listas originais escaneadas em: http://imigracao.duobox.com.br

      Excluir
  33. Procuro pelo sobrenome GOETHEL, se alguém tiver algima informação favor me avisar. Grata Elenar meu email:
    elenargoethel@hotmail.com

    ResponderExcluir
  34. O sobrenome da familia do meu pai é Lutkenhaus. Se alguem souber algo:chininha.leal182@hotmail.com

    ResponderExcluir
  35. Agradeço se alguém tiver informação sobre a família Sturm que desembarcou em São Paulo/Santos em 1925 vindos da Áustria. Obrigado! ivan_sturn@hotmail.com

    ResponderExcluir
  36. Ola estou a procura de informação de Venceslau Kohl casada com Ana. Tudo que sei que ele morou no interior do estado de são Paulo(região noroeste do estado).Agradeço se alguém achar e me passar alguma informaçao
    arlan@estadao.com.br

    ResponderExcluir
  37. Olá meu sobrenome é Klein,
    Meus bisavós desembarcaram, a princípio no porto do Rio de Janeiro, entre 1923 a 1926, Johann e Berth Klein, bem como meu avo Karl, Albert Klein, alguém viu tais nomes lançados na lista de passageiros??

    ResponderExcluir
  38. Alguém da família Waessman????

    ResponderExcluir
  39. Boa Noite,

    Ola meu nome é Werner Auler resido na capital de São Paulo, estou a anos buscando informações do meu avô AUGUST AULER, possuo a informação de seu desembarque em 1924 na cidade do Rio de Janeiro, depois ir residir em Santa Clara perto de Lajeado no Rio Grande do Sul.

    Peço gentilmente que qualquer informação será bem vinda.

    Se souber de algo, favor contatar no email: wauler@gmail.com

    Att,

    Werner Auler

    ResponderExcluir
  40. Bom dia, estou iniciando uma pesquisa com o nome da minha família; (Frambach) Se alguém souber de algo que possa me ajudar favor fazer contato pelo email albertoframbach2011@gmail.com

    ResponderExcluir
  41. Meu nome é Cassia Regina Gonzales e procuro informações sobre meus tataravós, Francisco e Maria Homann e minha bisavó, Bertha Rozália Homann. Descobri que o 1º HOMANN chegou no Brasil em 11.10.1824, vindo no veleiro Georg Friedrich. Se alguém puder me ajudar a completar minha árvore genealógica, ficarei muito grata. email: cassiareginagonzales@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Olá procuro por informações de meu avô materno Jacob Velte, dizem que ele veio em 1923, e que talvez tenha usado o passaporte de seu irmão para fugir do casamento, se alguem ver alguma coisa: ewmelo@terra.com.br, eduardo

    ResponderExcluir
  43. seu irmão se chamava Eugen

    ResponderExcluir
  44. oi se alguem tiver noticias da familia Bantle me comunique no email pauladavidbantle@outlook.com

    ResponderExcluir
  45. Olá! Procuro pela lista de Passageiros do Navio CORU vindo em 1927 da Alemanha. karina.marykay@hotmail.com
    Tschussi :)

    ResponderExcluir
  46. Procuro por HEINRICH KANNEBLEY. Acredito que ele tenha vindo para o Brasil por volta de 1848, da Alemanha. Se alguém souber de algo por favor entre em contato comigo.
    Meu endereço de e-mail: delinhak@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. só tem direito a cidadania aqueles imigrantes que vieram depois de 1871. antes disso a alemanha não existia

      Excluir
  47. Meu bisavô Walter Schnuchel, nascido em Statin, Alemanha, em 17/03/1888, veio para o Brasil (não sei a data), mas ainda não localizei dados do seu desembarque.

    ResponderExcluir
  48. olá procuro sobre VINCENT BARTH

    JA ACHEI ALGUNS NAVIOS QUE VEIO A FAMILIA BARTH. MAIS PRECISO SABER SE O NOME DELE ESTA NELAS.

    eduarda.dukaa@yahoo.com.br

    se puderem me ajudar

    ResponderExcluir
  49. procuro da família SCHELEIDER.
    Se alguém encontrar algo, por favor, lorenascheleider@hotmail.com

    ResponderExcluir
  50. Olá.. procuro algo sobre Limberger

    ResponderExcluir
  51. Boa tarde!!procuro saber sobre OTTO BURGHAUSEN que chegou ao Brasil nos por volta de 1905 e1906 obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, entre em contato comigo roseli.y@bol.com.br

      Excluir
  52. Olá, estou a procura das listas dos Portos de Paranaguá Paraná e São Francisco do Sul Santa Catarina, meus avós chegaram em 1923 no Vapor Madeira seus nomes são Wilhelm Schindel e Wanda Schindel com toda a família, se alguém souber entre em contato no e-mail adriana-sch@hotmail.com, obrigada.

    ResponderExcluir
  53. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de mais um detalhe.. Sobrenome Gaier ou Gayer, Elizabeth Gaier (Gayer), Adam Burger, David Burger, Fischer (Joseph Fischer) Elizabeth Fischer tb são parentes. Obrigada por qqer informação ou lista. Não estou conseguindo encontrar ou consultar nenhuma lista de navio em Santos, no ano de 1925

      Excluir
    2. PROCURA O CARTORIO MAIS BRASÍLIA

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Ola tarde!!
    procuro saber sobre EMÍLIO SCHMIDT, ou sobre a chegada da família SCHMIDT ao Brasil,e alguém souber entre em contato no e-mail nattyschmidt@outlook.com, obrigada.

    ResponderExcluir
  56. Boa tarde procuro informações da família Schneider, meu bisavô Henrique (ou Heinrich) Schneider e bisavó Martha Uhde (ou Ude) vieram da região da Baviera (bavaria) entre os anos 1890-1905.
    Alguma informação favor me contatar
    bioandschneider@gmail.com
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  57. Bom dia. Busco informacoes da familia Mundt.
    Alguem com o nome de Fritz Mundt.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS BRASÍLIA

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  58. Procuro sobrenome RUSS, senhor JOSE RUSS, chegou próximo de 1933

    ResponderExcluir
  59. Procuro por Guilherme Blatt (ou Blat, Blauth), a principio vindo para o Brasil no navio Arnold em 1872. Se puderes ajudar agradeço
    Kelinccast@gmail.com

    ResponderExcluir
  60. Alguém sabe informar sobre a chegada dos NEUBERT no Brasil?
    eniltoneubert@gmail.com

    ResponderExcluir
  61. Alguém sabe informar sobre a chegada dos NEUBERT no Brasil?
    eniltoneubert@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS BRASÍLIA

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  62. Procuro informações sobre o desembarque de navios que vieram da Alemanha em 1924 com os passageiros:
    Karl Max Linauer
    Johana Helena Blum Linauer
    Gerhard Heinrich Linauer
    Caso alguém tenha alguma informação, retornar no e-mail: keillymarcequeiroz@bol.com.br

    ResponderExcluir
  63. Procuro informações sobre o desembarque de navios que vieram da Alemanha para o Brasil em 1924 com os passageiros:
    Karl Max Linauer
    Johana Helena Blum Linauer
    Gerhard Heinrich Linauer
    Caso alguém tenha alguma informação, retornar no e-mail: keillymarcequeiroz@bol.com.br

    ResponderExcluir
  64. Oi pessoal, adorei este blog. Estou em busca de passageiros com sobrenome Hoeveler ou Höveler. Se estabeleceram no Rio Grande do Sul próximo ao Vale dos Sinos. Está bem dificil olhar nestas listas de passageiros. Vou buscar no arquivo nacional e projetos de imigrantes.
    Se tiverem alguma ideia ou virem o sobrneome Hoeveler, por favor me comuniquem erica.hoeveler@gmail.com

    Muito Obrigada!

    ResponderExcluir
  65. Se alguem souber algo sobre Andre Goss que desembarcou em Santos. Vindo da Alemanha nao sei a data.

    ResponderExcluir
  66. Se alguem souber algo sobre Andre Goss que desembarcou em Santos. Vindo da Alemanha nao sei a data.

    ResponderExcluir
  67. Olá gostaria de saber o nome do navio e a data de desembarque da família Haller que vieram pro RS da Alemanha em 1924. O nome dele era Augusto Karl Haller veio com a esposa Ida Emma Haller e os dois filhos.Christel Haler e Walter Haller
    Meu email é zairahaller@ymail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS BRASÍLIA

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  68. Tem algum macete para visualizar os nomes nas listas do Sistema de Informações do Arquivo Nacional?
    Quando clico na ampulheta vejo a Consulta de Dossiê mas não aparece nome algum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, esse caminho que o autor da página indicou é complicadinho mesmo. Você encontra as mesmas informações em:

      http://imigracao.duobox.com.br/
      (seleciona os campos que julgar necessários para sua busca e depois clica no PDF à direita de cada navio)

      e (para o que já estiver transcrito):
      http://www.an.gov.br/rvbndes/menu/menu.php
      (clica em Consulta e vai tentendo variações do sobrenome de quem você procura)

      Excluir
  69. Olá, to procurando informação sobre a familia Zapf, o desembarco foi depois de 1910, obrigado, aldozapf@yahoo.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS BRASÍLIA

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  70. procuro por peter pries vapor HABURGO 1930

    ResponderExcluir
  71. Boa tarde. Procuro informações sobre a família SARCZUK (chegada, nomes, etc.). Agradeço qualquer informação. Estou tentando montar a árvore de minha família. Grato

    ResponderExcluir
  72. Olá, procuro informações sobre o navio do meu bisavô Eduard Wolff, ele veio em 1914,tinha 19 anos e desembarcou no RJ. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    2. Procura em http://imigracao.duobox.com.br
      Aí estão listados todos os navios que chegaram ao Rio de Janeiro. É só abir o arquivo PDF à direita do vapor.

      Excluir
  73. Alguém tem informações das famílias Krueger e e Schiessl, pois não acho nada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  74. Boa tarde! informações sobre a família kiffer ou (KÜffer) desembarque RJ 18\05\1858.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  75. Olá, procuro por navios com desembarque no Porto de Santos por volta de 1926. Meu bisavó chamava-se Daniel Stachowski, porém não estamos conseguindo localizar. Alguém tem alguma dica? Outro site para buscas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    2. Olá!
      Encontrei Albert Stachowski e família, que desembarcaram no porto de Santos em 11/09/1928. Seria parente do seu bisavô?

      http://museudaimigracao.org.br/acervodigital

      Em todo caso, eles eram poloneses, sendo que a Polônia se tornou novamente independente em 1918. Assim, pelas legislações polonesas, se eles nasceram e viviam em território polonês nessa época, se tornaram cidadãos poloneses, mesmo que tivessem outra origem.
      Se você tem os documentos do seu bisavô, vale a pena entrar em contato com o Consulado Polonês em Curitiba.
      Se não tiver registro de nascimento e casamento dele, melhor buscar em sites poloneses.

      http://www.cyndislist.com/poland/bmd

      Mas, tem casos em que alemães mudavam de nome quando vinham pro Brasil para evitar perseguições. Neste caso, ainda que você tenha o devido registro de nascimento na Alemanha, não teria como comprovar se tratar da mesma pessoa.

      Excluir
  76. Procuro por navio que chegou em santos em 7/9/1925 .Avó otto vogelsanger avô emilia vogelsanger tia ingeborg vogelsanger não estou conseguindo localizar a lista de passageiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou neta da Inge e bisneta do Otto. Me contacte .

      Excluir
    2. Opa...bisneta da Emilia e do Otto!

      Excluir
    3. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    4. Eles vieram com a minha bisavó Anna Vogelsanger que era irmã do Otto e Tia da Inge o nome do vapor é Nazario Sauro, mas não encontro a lista de passageiros também.

      Excluir
    5. Encontrei a lista no Arquivo Nacional

      Excluir
  77. Werner lorenz
    Procuro por
    Wilhelm lorenz, meu pai que chegou em Santos em 1924,por ser menor de idade sua foto no passaporte esta junto com o de minha avó, Juliane Lorenz, foram trabalhar em uma fazenda de café em São Manoel SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  78. Procuro a família Shcwarzbach. se alguem encontrar, por favor encaminhe um email para jorgebcampos@outlook.com. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  79. ELIO MIGUEL NEIS11/02/2016 23:15

    Gostaria de saber da família NEIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  80. tenho cidadania luxemburguesa e agora estou procurando dados para a cidadania alemã do meu marido e esbarrei nessa pagina....
    fico completamente ABISMADA com a folga das pessoas em ficar pedindo para outros olharem e mandarem informaçoes sobre seus familiares...muitas vezes nem um por favor...
    quem ja fez um processo de cidadania sabe o quanto dá trabalho e o qto custa....
    desse jeito realmente nao merecem nunca conseguir a dupla cidadania...contentem-se com o pais dos preguiçosos folgados acomodados e do jeitinho brasileiro.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    2. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    3. Concordo plenamente com a primeira parte do seu comentário!
      O povo não tem noção, além de muitas vezes nem dizer o nome do antepassado ou data de chegada... Tem gente que acha que um sobrenome é suficiente pra descobrir o que pessoas com muitas informações levam meses ou até anos. Imagina se eu perguntasse: "Alguém aí sabe da família Schmidt? Sim, pq só existe uma família Schmidt que veio pro Brasil, como que um pesquisador nunca viu esse sobrenome e associou a minha pessoa?" (Só um exemplo irônico da ignorância de muita gente.) É triste... mas ser humano é assim mesmo, seja brasileiro, alemão ou o que for, só uma pequena porcentagem se salva.

      Excluir
  81. Boa tarde. Eu também estou a procura de documentos dos meus antepasados. Se alguém tiver algo sobre o sobrenome Vermölhen. Dizem que meu bisavô que se chamava Issaq Vermohlen veio de la e emigrou para santa catarina. Se alguém. Puder me ajudar eu agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  82. meus tataravos moravam na prussia , como a prussia está dividida hoje ,nao sei se sou descendente de alemaes ou de poloneses estou com dificuldade de encontrar a cidade onde moravam na prussia. ONDE PROCURO PARA SABER A CIDADE DE ONDE SAIRAM ,quando vieram embora para o Brasil , sei que enbarcaram em hamburgo e o desembarque foi no Rio de Janeiro em 22 /08 /1864

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
    2. Olha, existem sites com registros assim antigos, mas geralmente são pagos e, sem saber a região específica, é um tiro no escuro. Você já procurou em outras árvores genealógicas? Às vezes alguém tem ancestrais em comum e sabe mais detalhes.
      A Prússia é, teoricamente, a precursora da Alemanha, pois foi este império que unificou os reinos "alemães".
      No século XVIII havia 3 Prússias, a Ocidental, a Oriental e a Meridional, todas hoje estão em território polonês. Mas no século XIX a Prússia estendeu seus domínios para outras regiões mais ao oeste e ao sul (a grosso modo, as atuais Alemanha, Áustria e Rep. Tcheca) e passa a se denominar Confederação Germânica. Ainda nesse século, ela se separa do Império Austríaco e vira Confederação da Alemanha do Norte reavendo partes da Prússia Meridional (Província de Posen) e a Prússia Oriental.
      Dois detalhes importantes: As Prússias originais passam décadas sob domínio da Rússia e, nesses séculos, a Polônia está retalhada entre a Rússia, a Prússia e a Áustria, só retomando a independência em 1918. Neste momento, quem nasceu e vivia em territórios da nova Rep. Polonesa passa a ser cidadão polonês. Mas seus antepassados já estavam no Brasil há 54 anos, então não eram poloneses, mas poderiam ser russos ou alemães. Apesar da Alemanha só surgir em 1871, ela considerava cidadão alemão quem compartilhava seus aspectos culturais (língua, religião, costumes...).
      Desculpe, e me corrijam, se algum detalhe for impreciso, mas este é também o caso dos meus antepassados. Nasceram na Prússia Ocidental (que pertencia a Rússia, mas vira Alemanha em 1871 e vira Polônia em 1918) e na Prússia Meridional (no séc. XIX chamado de Reino da Polônia, mas pertencia a Rússia, se tornando Polônia de fato em 1918).
      Para fins de dupla nacionalidade, existiriam 2 opções: se nasceram em território russo, a nacionalidade russa não é transmitida por hereditariedade, mas a alemã e a polonesa sim. Porém, ambas legislações requerem que o antepassado tenha realizado registro consular (a alemã pra quem veio pro Brasil antes de 1904 e a polonesa pra quem nasceu mas saiu do território antes da independência em 1918).
      Então, somos descendentes de prussianos, mas também não estaria errado se dizer polonês, russo ou alemão!

      Excluir
    3. legal, sua explicacào , obrigada!!

      Excluir
    4. só para compartilhar , encontrei a cidade natal de meus antepassados , por pesquisas no sites , as cidades são Farbezin/Pomorski e a outra é Gross Reichow= Richowo na Pomerânia Ocidental

      Excluir
    5. Fico feliz pelo seu retorno!
      No caso de Farbezin, ali sempre foi Prússia ou Alemanha, só passou a ser território polonês em 1945, quando a Pomerânia foi dividida entre Alemanha e Polônia. E nunca foi território russo.
      https://fotos.verwaltungsportal.de/seitengenerator/gross/zeichnung_pommern.jpg

      Excluir
  83. Pessoal, eu estou penando para conseguir encontrar a lista de passageiros, eu sei que o meu avo chegou em 1933, porem nao faco ideia por qual porta. Alem do memorial do imigrante, vcs costumam recorrer a qual outros sites?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  84. Procuro informações da família Vogelsanger.
    Bisavô Otto e Emília. Avó Ingeborg Vogelsanger que faleceu no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  85. Olá procuro por informações sobre meus bisavós Eduardo e Júlia Stach ou Stachowski que fugiram da Alemanha na segunda guerra mundial. Se alguém tem alguma informação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  86. Sou Paulo Steger, procuro os documentos de entrada no brasil de meus avos Martim August Steger eElla Carlote Hammel Steger Alemães de Bohn e Berlin Casados no Brasil em 1906Teriam entrado por Rio Grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  87. Boa noite, procuro informaçoes de Ludwig August Friederich. Segundo o meu avô, ele desembarcou no RJ em 1924.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROCURA O CARTORIO MAIS

      WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

      FONE: (61) 3234-6977

      Excluir
  88. PROCURA O CARTORIO MAIS

    WWW.CARTORIOMAIS.COM.BR/BRASILIAPLANO

    FONE: (61) 3234-6977

    ResponderExcluir
  89. vieram da alemanha por volta de 1924 avo bizavo

    ResponderExcluir
  90. eu estou a meses procurando por algo do meu bizavo familia westerman.. alguma ajuda . marcoswesterman@gmail.com obrigado

    ResponderExcluir
  91. eu estou a meses procurando por algo do meu bizavo familia westerman.. alguma ajuda . marcoswesterman@gmail.com obrigado

    ResponderExcluir
  92. Procuro marianne Kochs e wilhelm Luís Heinrich August Techmeier

    ResponderExcluir
  93. Chegaram em 1931 destino Porto Alegre

    ResponderExcluir
  94. Chegaram em 1931 destino Porto Alegre

    ResponderExcluir
  95. Gente! Como vocês esperam que alguém encontre nomes específicos??? Só se quem já pesquisou tiver antepassados em comum, neste caso, é mais fácil conversar com os parentes vivos.

    O que é realisticamente possível é procurar os nomes dos seus antepassados em listas de passageiros (o que dá bastante trabalho).
    Se o desembarque aconteceu no porto do Rio de Janeiro você pode encontrar em http://www.an.gov.br/rvbndes/menu/menu.php (e clica em Consulta), mas quem transcreveu teve que adivinhar o que tava escrito na lista original, então, use todas as variações possíveis. Por exemplo, meu tataravô se chamava Louis Wottrich, na lista original estava escrito Louis Wahtrich e no acervo digital está como Louis Wakhich. Eu jamais teria imaginado tamanha variação, então é uma questão de sorte mesmo. Outra opção é a forma como encontrei, olhando as listas uma a uma http://imigracao.duobox.com.br/
    Isso é menos trabalhoso quando você sabe a data de chegada ao Brasil, mas muitas páginas estão apagadas ou faltando.

    No caso de quem desembarcou em Santos é ainda mais difícil, porque muito material foi extraviado, mas você pode procurar em http://museudaimigracao.org.br/acervodigital/
    (em Acervo Digital escreva o nome do antepassado, clica em OK e depois em Registro(s) sobre Nomes).

    Assim, outros portos tb tem listas de passageiros, registros de imigrantes, mas raramente estão disponíveis online, o que força você a ir ao órgão do devido Estado.

    Se você não sabe em que porto seu antepassado desembarcou no Brasil, também pode verificar as listas nos portos de embarque europeus. No caso dos alemães, poloneses e russos a maioria embarcou em Hamburg e Bremen, mas outra vez entra a sorte... Tem muitos sites sobre alemães que foram pros EUA, mas pro Brasil pouca coisa está online e a maioria dos sites são pagos:
    http://www.deutsche-auswanderer-datenbank.de/index.php?id=540
    http://search.ancestry.com/search/db.aspx?dbid=1068&cj=1&netid=cj&o_xid=0000584978&o_lid=0000584978&o_sch=Affiliate+External

    Uma vez que você descobre onde o indivíduo embarcou, fica mais fácil descobrir onde ele desembarcou (que é o que importa para quem quer constatar nacionalidade alemã), lembrando que, se seu antepassado saiu da Alemanha (ou o que era considerado Alemanha na época) antes de 1904, ele era obrigado a registrar matrícula consular em até 10 anos para não perder a nacionalidade alemã. Nesse caso, ainda que você encontre a lista de passageiros e os documentos de todos os seus antepassados diretos, vai ter que contar com a sorte de ele ter se preocupado, na época, em manter a cidadania alemã... Coisa que a maioria dos colonos imigrantes nem se preocupava (isso você verifica nos consulados, cujo banco de dados não é integrado, ou seja, se seu antepassado desembarcou no Rio mas foi pro RS, vale a pena verificar no consulado do Rio de Janeiro e no de Porto Alegre). Ah! Se o antepassado veio antes de 1870, nem adianta (a legislação alemã para essas questões de nacionalidade não cobre datas anteriores a 1870, é bem complicada entre 1870 e 1914 e é relativamente simples pra quem veio depois de 1904).

    Outra coisa interessante é que muitos alemães não moravam na Alemanha antes de vir ao Brasil. Minha família, por exemplo viveu décadas na Wolhynia, uma região da Rússia que hoje é noroeste da Ucrânia. Para fins de curiosidade ou expansão de árvore genealógica, você encontra muitos registros (até 1895) em https://sggee.org/research/StPeteBirth.html
    http://www.rootsweb.ancestry.com/~ukrgs/volhynia/#Births

    Bom, espero que essas informações (meses de pesquisa minha) sejam úteis pra mais alguém.

    Viel Glück!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Listas de desembarque no Porto de São Francisco do Sul:
      http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/ListaImigrantes/lista/tudo.htm
      São 119 listas, mas, pra facilitar, você pode digitar o sobrenome na ferramenta de busca:
      http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/search/search.html

      Excluir
    2. Outro site que achei interessante é o Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul. Seu acervo digital está em formulação, mas há muitos registros de casamento entre 1912 e 1985:
      http://www.apers.rs.gov.br/portal/index.php?menu=aap
      (Alguns nomes estão escritos com erros, mas a ferramenta de busca compreende pequenas variações.)

      Excluir
    3. Caramba a minha história se assemelha muito a sua. Meus ancestrais se casaram em Zhytomyr - Volhynia, e acredito que são Alemães. Vc conseguiu visualizar cópia de algum documento utilizando esses sites? Achei o registro no Rootsweb, mas queria acessar o documento, é possivel?

      Excluir
    4. Olá. Estou a procura de Louis Wottrich também inscrito como(Louis Wakhich). Meu e-mail fernandolw_19@hotmail.com

      Excluir
  96. to precisando de ajuda o meu tataravo é peter jacob heil chegou em Brusque 19/08/1860 e não consigo achar a lista do navio, email , cc.147jean@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma olhada no 21º passageiro do 2º navio citado:
      http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/ListaImigrantes/lista/118.htm

      (Se você tivesse lido o comentário anterior ao seu, teria descoberto sozinho. Lembrando que seu tataravô deixou a Europa antes de existir a Alemanha, 1870.)

      Excluir
  97. Alguma lista de imigrantes com registros do porto de HAMBURGO (SAÍDA) PARA O BRASIL (RJ) EM 1877/1878:: Procuro por Familia Schontag.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://imigracao.duobox.com.br

      Neste site você pode selecionar pela data e procedência os navios que chegaram ao porto do Rio de Janeiro. Depois é só clicar no arquivo PDF à direita de cada navio para acessar a lista original escaneada. Dá trabalho, mas como é um período variável de só dois anos, não demora tanto assim.

      Outra opção seria a consulta ao acervo digital do Arquivo Nacional, mas é raro encontrar um nome escrito corretamente.
      http://www.an.gov.br/rvbndes/menu/menu.php

      Excluir
  98. Prezados,

    Estou fazendo o levantamento dos dados do meu avô paterno Sr. Carlos Francisco Schlinz, nascido em Munich- Alemanha, portador da carteira mod. 19, nasceu mais ou menos entre o ano de 1914 ( tudo isso nos foi transmitido por pai q já faleceu). Meu avô casou-se aqui no Brasil com a Sra. Mathilde de Barros, que passou a se chamar Mathilde de Barros Schlinz. Seu ofício era guarda-livros na região de SP.

    CARLOS FRANCISCO SCHLINZ, nascido(a) em 1139 ( O ano que consta no prontuário esta errado) , nacionalidade Alemã, natural de Munich - Alemanha, Casado, Comércio, residente na Rua Ribeiro de Barros, 38-A - Capital
    Prontuário de nº 00048481


    Solicito gentilmente informações possíveis sobre o número de matrícula se houver, o nº da carteira modelo 19, ou outro dado que for necessário para o reconhecimento de minha cidadania alemã.

    Agradeço antecipadamente,email: ritaschlinz@rocketmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se entendi a sua pergunta.

      Você já tem a lista de desembarque do seu avô no Brasil? Pois esta será necessária para constatar a nacionalidade alemã.
      Também serão necessárias as certidões de nascimento, casamento e óbito (ou documentos equivalentes) do seu avô e do seu pai.

      Os registros realizados no Brasil, se você não tiver guardado, pode solicitar segunda via no cartório de registro civil de onde eles moravam.
      Já o registro de nascimento do seu avô, como o ano está incorreto, talvez você precise entrar em contato com o órgão alemão competente. Não precisa necessariamente ir pra Monique, por email mesmo (escrito em alemão) você pode descobrir como encontrar (ou consertar a data) do documento e solicitar a segunda via. (Talvez conversando com alguém que more na Alemanha e saiba como funciona o sistema de registros deles ou, se tiver sorte, alguém gentil do consulado possa te ajudar.)

      A vantagem é que seu avô veio ao Brasil após 1904, assim, não precisa ir atrás de matrícula consular.

      Excluir
  99. Olá estou procurando sobre a familia Baumgarten. Sei que veio para santa catarina em 1853, acredito que no barco wittus. COmo faco para saber sobre a matricula consular? anaa.capella@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, a maioria dos alemães que vieram pro Brasil não realizou esse registro, a menos que, na época, precisasse de passaporte alemão (para visitar familiares, por exemplo).
      Os registros que não se perderam você encontra entrando em contato com os seguintes três órgãos:
      - Consulado Geral do Rio de Janeiro
      www.rio-de-janeiro.diplo.de
      - Consulado Geral de Porto Alegre
      www.porto-alegre.diplo.de
      - Ministério Federal das Relações Externas em Berlin
      www.auswaertiges-amt.de

      Porém, a Alemanha (país) só surgiu em 1871. Em 1853 eram reinos compondo a Confederação Germânica, assim, não sei se seu antepassado chegou a ter documentos alemães.
      Mas, se você nasceu após 1975, talvez seja mais fácil pesquisar pela ascendência paterna da sua mãe, caso este antepassado tenha imigrado mais recentemente.

      Excluir
  100. Preciso saber qual órgão do Governo poderá me confirmar a chegada de meu pai ao Brasil, Porto Alegre, vindo do Estado de Hamburgo no vapor Bilbao em outubro de 2014. Agradeço a atenção. renate@poli.ufrj.br

    ResponderExcluir
  101. Gostaria de corrigir a data do ano para 1924. Muito grata, Renate Kroll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      http://imagem.arquivonacional.gov.br/sian/arquivos/1145425_47019.pdf
      Esta lista mostra os 32 passageiros do vapor Bilbao, vindos de Hamburgo e Leixões, que chegaram ao Rio de Janeiro em 29-9-1924, sendo que 20 deles seguiram viagem até a Ilha das Flores, mas não há nenhum com sobrenome Kroll (não sei se este é o sobrenome do seu pai). Outras listas você pode acessar em
      http://imigracao.duobox.com.br/

      Em todo caso, o Arquivo Nacional pode te dar essa confirmação de chegada ao Brasil:
      http://www.arquivonacional.gov.br
      Ou o Arquivo Público do Rio Grande do Sul:
      http://www.apers.rs.gov.br/
      Ou ainda o Ministério das Relações Exteriores:
      http://www.itamaraty.gov.br/

      Excluir
  102. Procuro por dados de Friedrich (Fridrich) Daniel Schmidt (wolgast alemanha 24/02/1853, falecido Joinville 01/02/1902). Acho que era filho de John Schmidt que tinha 50 anos em 1865 quando aportaram no Brasil no Veleiro Franklin mais isso não tenho certeza...esse John tinha um filho com 12 anos e esse nome. talvez tenha vindo sozinho mesmo.
    Milene Schmidt Correia Stoppazzolli
    milenecorreia@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma olhada na Lista 37:
      http://www.arquivohistoricojoinville.com.br/ListaImigrantes/lista/tudo.htm
      (parece que você está bem informada, o navio era mesmo Franklin e as idades que você mencionou estão batendo)

      Excluir
  103. Eu gostaria de saber sobre os Gassen e Hammermüller...

    ResponderExcluir
  104. LISTA bem grande de SC e atualizada:

    https://www.joinville.sc.gov.br/wp-content/uploads/2016/06/Listas-de-imigrantes-de-Joinville-de-1851-a-1891-e-de-1897-a-1902.pdf

    ResponderExcluir
  105. Alguém sabe sobre a vinda da Família KLEIN BRUST.
    Diz a minha mãe que seu avô veio para o Brasil com seus 13 anos de idade, me acho estranho, é que eu consegui a Certidão de Óbito, e seu nome consta como João Henrique Klem Brust, alguém pode me ajudar? Meu contato: renato@consultoraneves.com.br ou WhatsApp (22) 996.058.232 Renato.

    ResponderExcluir
  106. Elizabth Lamin Wenk22/08/2016 20:43

    Alguém pode me ajudar. Pretendo tirar a cidadania alemã, porem não acho nenhum registro dos meus bisavós e avós.
    Meu bisavô chamava Karl Sichelschmidt, ele era da cidade de Dünn na Alemanha era casado com Elfrieda Klefer Wermelskirchen, tiveram uma filha chamada Esther e os meus tataravós chamavam Karl Sichelschmidt e Anna Sichelschmidt eles eram da cidade de Wermelskirchen Alemanha.
    E tem a família Wenk, que também vieram da Alemanha, ou da Polônia ou Russia não sei bem ao certo.Karl Wenk foi casado com a minha vó Esther Sichelschmidt filha de Karl e Elfrieda, e minha vó ficou com o sobrenome Wenk que era o sobrenome de casada.
    Se Alguém conseguir achar essas informações pra mim ficarei grata.
    Entrei no site do museu da imigração e não encontrei nada, só sei q vieram para o Brasil em 09/07 de 1927
    Se encontrarem entre em contato pelo whatsapp (11)98726-4223 ou por e-mail: eliza_wenk@hotmail.com ou beth.wenk@gmail.com

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhando no site http://imigracao.duobox.com.br/ onde estão muitas listas escaneadas, só consta um navio que chegou ao Rio em 9-7-27, o vapor Formose, mas justamente essa lista está faltando no acervo digital... se vc acredita que eles tenham chegado ao Brasil pelo Rio de Janeiro, vale a pena ir ao Arquivo Nacional e pedir pra ver esse arquivo.

      Excluir
  107. lembrando que só tem direito a cidadania os imigrantes que vieram após 1871 pois a Alemanha não existia antes desse ano.

    ResponderExcluir
  108. Procuro por João Konig. Alguen tem algum dados com esse nome?

    ResponderExcluir
  109. Olá gostaria de saber mais sobre a família Wendling que vieram da Alemanha, não sei o ano certo meu bisavó é Jacob Wendling e o pai dele é Antonio Wendling eles vieram da Alemanha. Qualquer informação pode entrar em contato comigo pois gostaria muito de poder saber mais. Whats 05496956465 Ana,obrigada

    ResponderExcluir
  110. Olá, estou com a maior dificuldade para achar qualquer documento que comprove a chegada de Jacob Winck e seu filho Frederico Winck, supostamente chegaram em 1826 em São Leopoldo, tens alguma dica para me dar? Grata!
    mary.winck@bol.com.br

    ResponderExcluir
  111. Ola eu estou com dificuldades de encontrar algum documento que comprove a vinda de meu tataravo jacob schlosser casado com mina schlosser ambos imigrantes irmgat.onorio@gmail.com

    ResponderExcluir
  112. Olá. Estou buscando a data e nome do navio que chegaram meus familiares da Alemanha. Minha bisavó era chamada Elfriede Weydmann, natural de Berlin. Ela provavelmente veio com seus pais para o Brasil: Otto Weydmann e Carolina Weydmann (ou Karolina) em meados de 1902 para o Rio Grande do Sul. Obrigado!

    ResponderExcluir
  113. busco pelo sobrenome stocshenneider

    ResponderExcluir
  114. Boa noite! Estou tentando encontrar meus antepassados que segundo uma tia me informou vieram da Alemanhã, seus nomes na certidão dessa tia está dessa forma: Guilherme Lück e Henriqueta Lück, se alguém souber de algo por favor entre em contato pelo email cinthia.liick@gmail.com

    ResponderExcluir
  115. Boa tarde, estou a procura de informações e registro de alemães com o sobrenome Weege, até o momento nos livros encontrei apenas 2, se alguém tiver alguma informação que for eu agradeço pois está bem complicado encontrar qualquer tipo de informação até mesmo de local da Alemanha originaram, qualquer informação podem enviar para joaowgs@gmail.com

    ResponderExcluir
  116. Minha mae veio da alemanha em 1927 desembarcou no porto da santos ficaram 1 ano en São Paulo trabalhando nas plantacoes de cafe. Nome Erna krüger compazzi

    ResponderExcluir
  117. Procuro por sobrenome Ludwig (sobrenome da minha avó) e Goetz(sobrenome do meu avô) viveram no RS mas foram os avós deles que vieram para o Brasil não sei que ano e nem os nomes deles.

    ResponderExcluir
  118. Olá! Estou a procura pelo sobrenome Reichert, sobrenome do meu bisavô que desembarcou em São Francisco do Sul em dezembro de 1933, vindo de Bremen no navio Madrid. Já consegui a lista de embarque em um site alemão, mas não consigo a lista de desembarque aqui do Brasil. Na lista de imigrantes de Joinville, o ano limite é 1902, por isso acredito que ele não consta naquela lista.
    Obrigado!

    ResponderExcluir