4 de jan de 2009

Em busca da cidade perdida

Quanto mais difícil, mais divertido. Não sabia de qual região da Alemanha meu bisavô veio, então tive que reunir vários documentos para descobrir. Pois a cada documento eu coletava uma informaçãozinha importante, tipo quebra-cabeça.

Comecei com as certidões de meu avô (nascimento, casamento e óbito). Nelas constavam os nomes de meus bisavós e datas de óbito ou nascimento. Assim, pude procurar suas certidões de óbito com as quais pude localizar o Registro de Estrangeiros. No qual constava, finalmente, a cidade de onde ele veio, na Alemanha.

Mas como diz o ditado: "desgraça pouca é bobagem"!

Peguei o documento, localizei o campo cidade e fui correndo para o Google...
e adivinhem, a cidade não existe no Google, logo, não deve existir na realidade também.

Depois de uns dias cabisbaixa e pensando que tudo estava perdido criei coragem e mandei vários e-mails para tentar descobrir algo mais sobre a tal cidade.

No documento consta Nachause. Perguntei para um amigo que mora na Alemanha e nada. Então mandei um e-mail para a lista de Genealogia do Yahoo, na qual consegui umas dicas. A Cleusa Warken Palmer me sugeriu pesquisar por Naschhausen em Thuringen. Realmente a grafia é um pouco similar...então surge uma pontinha de esperança.

É muito interessante pois os escrivãos da época não pareciam se preocupar muito com a grafia das coisas, escreviam tudo como achavam que era, o que só pode confundir nossas cabeças hoje.

Valeu Cleusa! Segue minha saga em busca da cidade perdida!

4 comentários:

  1. Como achar o registro de estrangeiros?Se puder entrar em contato comigo é sangenito@ufrj.br. Obrigada e boa sorte também

    ResponderExcluir
  2. Oi Lidia, o site esta otimo:) bem divertido:)
    Interessante que temos historicos parecidos. Eu também so tinha o nome do meu triavô, que nem completo era e mais nada além disto. Depois de 6 anos de pesquisas intensas, terminei uma crônica familiar muito legal! Oh Trabalho viu??! Ainda não entrei com o processo de cidadania, mas farei em breve.. se tiver chances né sabe como é? Meu antepassado nem teve o trabalho de se registrar no consulado antes de 1904… Consegui várias documentações na Alemanha , juntando uma certa experiência de como achar algumas coisas por lá.. tens Msn?

    ResponderExcluir
  3. Olá Lígia..td bem?
    Também estou tentando descobrir de onde veio minha família...por onde vc começou? Procurei no google as listas de passageiros dos navios que vieram a partir de 1824, porém nao encontrei meu sobrenome (Rhoden).
    Estou tentando..
    Abs
    Sabrina

    ResponderExcluir
  4. Oiee..Eu encontrei o nome do lugar de onde meus pentavos e tetravos vieram. Se chama Sackerthal, Oldenburgo.. mas nao acho nada sobre esse lugar na internet.. voce sabe onde devo procurar?
    Att

    ResponderExcluir